Translate / Traduza

English French German Spain Italian Portuguese Japanese Chinese Simplified

sexta-feira, 25 de março de 2011

Sucker Punch – Mundo Surreal

"Precisamos de um mapa, de fogo, de uma faca e uma chave.”


Babydoll, num momento de desespero, acaba cometendo um erro e fazendo besteira. Sendo assim, seu padrasto a coloca num hospício. Lá ela será lobotomizada em cinco dias. Dentro de sua mente, ela monta uma maneira de tentar escapar dali. E ela contará com a ajuda de suas amigas Amber, Blondie, Sweet Pea e Rocket.


O diretor é Zack Snyder, o mesmo dos filmes Madrugada dos Mortos, 300, Watchmen (e do vindouro Superman). Sempre trabalhando com materiais já publicados (sempre fazendo uma adaptação ou remake), Sucker Punch se torna o primeiro trabalho original dele. Escrito por ele, em parceria com Steve Shibuya, o filme se torna uma grande piração.


O roteiro, aparentemente simples pela sinopse, se mostra um mix de diversos elementos da cultura pop: ao longo da trama, há espaço para robôs gigantes, orcs, jetpacks, dragão, steampunk. Tem de tudo no filme. E analisando, faz muito bem e acaba ficando muito bem inserido, não parecendo forçado.


E são essas cenas em que reside a força do filme. Cada cenário é uma nova experiência, uma nova forma de ação. As cinco belas garotas enfrentando nazistas reanimados é muito empolgante, as cenas futuristas tem o que marca Zack: suas cenas em câmera lenta. Nessas partes mais parece que estamos vendo um game (parecido com o trailer do Final Fantasy XIII). Mas nem por isso desmerece a ação.


A cena inicial é fantástica (algo que Snyder faz em todos seus filmes). A trilha sonora é marcante e casa muito bem com as cenas. Algumas ecoarão na sua cabeça depois do filme (como Sweet Dream) e tem direito até Queen. Sim, Queen.


As atrizes principais estão lá para tornar o filme um fetiche ainda maior. Blondie (Vanessa Hudgens), Amber (Jamie Chung), Babydoll (Emily Browning), Rocket (Jena Malone) e Sweet Pea (Abbie Cornish) estão quase sempre em trajes curtos e quebrando monstros. E isso fica legal em cena.


Só ficam duas reclamações: o final, que se leva a sério e a classificação indicativa: se fosse um pouco maior, o filme seria mais incrível ainda. O pg-13 pode ter podado um pouco Snyder.


Sucker Punch – Mundo Surreal é uma piração da mente de Zack Snyder. E é uma piração muito bacana de ser assistida. As cenas de ação são muito empolgantes e a forma com que o filme vai desenrolando é legal de assistir.


“Your fight for survival starts right now.”


Sucker Punch, Ação, EUA 2011. Direção: Zack Snyder. Elenco: Emily Browning, Jena Malone, Vanessa Hudgens, Abbie Cornish, Jamie Ching, Joh Hamm, Scott Gleen e Carla Gugino.

5 comentários:

Conheça nosso site

Divulgue seus post

Aumente suas visitas

Acesse: http://quanticalink.com

Ainda não assisti o filme, mas pelo q vc diz e pelo trailer deve ser bem legal mesmo. com certeza vou assistir

Depois volta e diga o que você achou =]

mto foda esse filme... asssisti ontem.
as lutas sao incriveis. foda presta atencao no que ta acontecendo com as micro saias que as atrizes usam.
mas no geral achei o filme muito bom.
o unico problem e' que o filme acaba aueuhea

Desculpe não concordar mas não vale o eempo gasto de ver, não vale o tempo gasto na fila para comprar o ingresso.

As atuações são, no mínimo, ruins, da babydoll em particular é péssima.

Não adianta ver o trailer, la estão, não as melhores cenas, e sim, todoas as cenas aceitaveis...

Imagino que a verba era pequena e gastaram tudo nos efeitos especiais. Deviriam ter guardado um pouco para o roteirista e para contratar atrizes melhores.

A historia poderia ter dado um bom filme... Infelizmente isso não aconteceu.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More